oficina_10teste.jpg

Chef Marco Gomes

 

 

Marco Gomes é Português, Transmontano convicto, homem da terra, ligado aos produtos e às raízes da gastronomia dos territórios do Norte de Portugal. É o Chef e sócio do restaurante OFICINA, no Porto, onde leva à mesa uma gastronomia apaixonada pela tradição a afirmar a contemporaneidade.
Frequentou o primeiro curso de culinária em Bragança, cidade onde nasceu há 41 anos. Depois de passar pelo Hotel Forte de S. Francisco, em Chaves, Marco Gomes rumou para o Algarve, mais propriamente para a Quinta do Lago. Mais tarde, uma proposta do Hotel Montebelo levou-o a mudar-se para Viseu. Mas, no ano de 1999, regressou às origens, em Alfândega da Fé, foi inaugurar o Hotel SPA Alfandega da Fé, na Serra de Bornes. Nova mudança, mais uma inauguração, desta vez, o Hotel Casa da Calçada, em Amarante. No ano 2003 abriu o seu próprio negócio na cidade do Porto, o RESTAURANTE FOZ VELHA, um ícone da cidade do Porto durante 13 anos consecutivos. Durante esse período abriu também a primeira Academia de Formação Culinária na mesma cidade.

 

 
IMG_1379 - cópia.jpeg
 
IMG_3411.jpeg

Para além dos seus negócios, também é consultor de vários espaços de restauração e grupos hoteleiros. 

Neste momento o seu mais recente projeto é o Restaurante OFICINA que inaugurou no dia 15 de Setembro de 2016.

Apesar da azáfama da cozinha, Marco Gomes arranja tempo para partilhar os seus saberes todas as semanas no programa “Grandes Manhãs” PORTO CANAL, anteriormente esteve durante 6 anos a participar no programa “A Praça”, na RTP, na rubrica de culinária.

Também é muitas vezes convidado para palestras e debates relacionados na área de restauração e hotelaria.

É Formador de Cozinha em várias Escolas de Hotelaria e integra o júri em vários Festivais Nacionais de Gastronomia. 

Já cozinhou em vários países como por exemplo: Inglaterra, Macau, Suécia, Alemanha, Escócia, Canadá, USA, Espanha e Brasil.

Porém, faz parte de algumas Confrarias como Confrade de Honra:
Confraria das Tripas à Moda do Porto, Confraria Gastronómica do Leitão da Bairrada, Confraria dos Velhotes, Confraria Ibérica da Castanha, Confraria do Butelo e das Casulas, Confraria Gastronómica do Porco Bísaro e do Fumeiro de Vinhais, Confraria da Broa de Avintes... entre outras. 

 
 
 

– Detentor de vários prémios –

 

“Garfo de ouro”- Boa Cama Boa Mesa no Guia Expresso 5 anos consecutivos
Anos 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014

1 Sol - Guia Repsol
Anos 2014 e 2015

Medalhas de Prata e Bronze pela Selecção Nacional de Cozinheiros na Alemanha e Escocia  Anos 2004 e 2005 

Medalha de Ouro – Concurso de Gastronomia com Vinho do Porto
Ano 2007 e 2018

Medalha de Prata - Concurso de Gastronomia com Vinho do Porto
Anos 2003 e 2009 

Medalha de Prata - Concurso Vinhos Verdes e Gastronomia
Anos 2016 e 2017

Prémio Infante Dom Henrique
Chef do Ano 2007

LOUVOR - Secretaria de Estado do Turismo/Região de Turismo do Nordeste Transmontano
"Pelo brilhante e afincado trabalho que tem desenvolvido em prol da divulgação dos sabores Transmontanos, contribuindo de forma ímpar para a boa imagem e promoção turística do
Nordeste Transmontano"
Ano 2008

Congratulado como “jovem Chef promissor da Cozinha Portuguesa” no Palácio Nacional
de Belém pelo Exmo. Sr. Presidente da Republica Aníbal Cavaco Silva

Ano 2010