CAPÃO DE FREAMUNDE

Esta semana, juntamente com um grupo de amigos, lá fui eu deliciar-me de um belo Capão à Freamunde, assado em forno a lenha com batata assada, recheio, migas de grelos com feijão frade e arroz de forno com as patas e os miúdos do capão. Que maravilha...

Diz a lenda que: “O Cônsul Caio Cânio, cansado da perca do sono por causa do cantar dos galos, conseguiu fazer aprovar uma lei impeditiva da existência destas aves na cidade de Roma. Para não contrariar a lei e continuar a criar os seus galos, alguém se lembrou de os capar para que deixassem de cantar ou, que passassem a cantar “baixinho”. Verificou-se então que um galo capado (capão) ultrapassava em beleza, tamanho e sabor, o galo macho. O “voto” de castidade torna o animal passivo e com um ar triste e envergonhado, mas torna-o gordo, opulento, dotado de uma carne tenra e considerada das mais saborosas de todas as aves”.

capão.jpg

Os capões de Freamunde foram certificados pela comissão europeia no ano de 2015, como produto de Indicação Geográfica Protegida – IGP.
Os galos que após castrados viram capões são de raças tradicionalmente criadas naquela região. Os capões após adultos, normalmente alcançam um preso compreendido entre os 5 e os 7 kg. 

De acordo com o modelo tradicional, a operação de castração dos galos, após o jejum de dia e meio, é efetuada por mulheres porque dizem elas: “Aos homens faz-lhe impressão ver alguém ficar sem tomates”, num misto de justificações e provocações.

Normalmente, um galo é desplumado junto da última costela, desinfeta-se a zona e em seguida é feito um golpe de mais ou menos quatro centímetros e com o dedo untado em azeite retira-se os testículos. Esta intervenção deve ser feita por quem sabe, infelizmente cerca de 1/3 dos “capados” acabam por morrer devido a infeções. 

A grande vantagem do capão é ficar mais gordo, mais suculento e mais tenro. Durante o seu tempo de vida os capões são engordados a milho e couve. Normalmente são vendidos com menos de 250 dias após a castração. Podemos adquirir um verdadeiro exemplar através da Associação de Criadores de Capão de Freamunde, aqui são indicados os vários produtores certificados. Desta forma, quando compramos um capão, temos a certeza que levamos um excelente produto para casa.

O capão à Freamunde é tradicionalmente comercializado em Dezembro, sobretudo no Natal, por altura da Feira de Santa Luzia, a 13 de Dezembro, quando se realiza a semana gastronómica dedicada a esta especialidade.
No meu caso, sou um consumidor ao longo de todo o ano, sempre que posso não perco uma oportunidade para degustar esta maravilha.